+351 939 902 540 | ongd@narotadospovos.org

CASA de ACOLHIMENTO / ORFANATO

Casa da Mamé Ussai

A Mamé Ussai é uma Mãe de alma e coração com um sonho para os “filhos” que acolhe: poder dar-lhes amor e estabilidade para uma vida feliz e tranquila, com direito a brincar, ir à escola e viver com uma alimentação saudável. Sonhou uma casa com espaço para acolher crianças orfãs de Catió.

Uma casa com pessoas capazes de apoiar e cuidar, que as pudesse ver Crescer.

Uma casa adaptada e preparada para receber e educar as meninas e meninos que logo ao nascer perdem as suas mães.

O que foi feito:

Em Março de 2018 a ONGD Na Rota dos Povos com o apoio de muitos que assumiram o pagamento de uma verba mensal, decidiu dar estrutura e viabilidade ao projeto “Casa da Mamé Ussai”.

Criamos uma base financeira mensal estável, com a qual sustentamos a alimentação saudável, a saúde e a educação, e asseguramos o direito destas crianças a serem-no, brincando e crescendo sem a preocupação com a sobrevivência diária.

Recrutamos pessoas que no dia-a-dia cuidam e educam estas crianças.

Remodelamos e equipamos uma casa em Catió, que pretendemos sempre melhorar, nomeadamente dotando-a de infraestruturas dignas e sustentáveis. A Casa da Mamé Ussai acolhe neste momento 11 crianças órfas, mas sabemos que, infelizmente, esgotará rapidamente a sua capacidade máxima atual (15).

O que pretendemos fazer em 2019/2020:                             

Operação regular:

– Continuar a gestão diária e a compra de alimentos.

– Fornecer com regularidade leites para os recém-nascidos e às crianças até aos 3 anos. Papas Lácteas.

– Despesas com colaboradores, renda, água, internet, e energia.

– Custos com criação de galinhas e perús, despesas na horta.

Obras e desenvolvimento:

– Construção de uma nova cozinha e fogão a lenha.

– Construção do galinheiro/perueiro.

– Criar a horta no terreno da casa para aumentar o aporte de legumes na alimentação das crianças.

– Instalação de energia solar – paineis, inversores, controladores.

– Instalação de energia solar – baterias.

– Obras de ampliação para albergar até 25 crianças.